sigoescrevendo

Um manifesto de palavras sob a regência de cada momento.


Entreouvidos


2012, Bratislava

Nunca: estou cansado da minha vida, preciso mudar!

Agora: quando?

Nunca: vou largar tudo, recomeçar…

Agora: quando?

Nunca: ir atrás do que realmente quero!

Agora: quando?

Nunca: a vida é agora!

Agora: e que nunca mude.

Na linguagem dos opostos, afirmações têm medo de dúvidas.

Há em toda resposta o desejo de uma pergunta.

 (Marcelo Penteado)


Uma resposta para “Entreouvidos”

Minha vez de ler: deixe um comentário! ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: